Panacéia dos Amigos

VISITAÇÃO

quarta-feira

Nostradamus

A Panacéia dos Mistérios traz agora Nostradamus. Este foi um assunto que sempre me interessou. Quando ainda muito garoto assisti um especial de TV sobre ele que me deixou assombrado e passei dias e dias na biblioteca lendo seu livro de previsões. Nostradamus tem histórias surpreendentes. A questão é que ele codificou suas previsões e quem pode ter certeza que as decifra corretamente? Michel de Nostredame ou Miquèl de Nostradama,[1] mais conhecido sob o nome de Nostradamus (Saint-Rémy-de-Provence, 14 de dezembro de 1503 ou 21 de dezembro de 1503[2] — Salon-de-Provence, 2 de julho de 1566), foi um apotecário e pretenso médico da Renascença que praticava a alquimia (como muitos dos médicos do século XVI). Ficou famoso por sua suposta capacidade de vidência. Em 1555, escreveu e lançou um livro de centúrias (As Profecias), versos codificados que seriam previsões do futuro. Há indícios que tenha estudado Medicina, mas provas apontam na direção que não tenha se formado, por ter sido expulso da escola de Montpellier, mas de qualquer maneira dedicou muito do seu tempo ao estudo da Astrologia, Alquimia, Literatura e talvez Teologia. Há rumores que, muito jovem, depois de aprender latim, grego e hebraico, viajou por diversas cidades da França, permanecendo durante anos em Bordeaux, Agen e Avignon , onde dizem que combateu epidemias de peste em condições pouco conhecidas. No entanto, sua ligação com a endemia pode ser inferida por um livro sobre a doença que escreveu mais tarde, mas essa mesma peste, dizem, condenou-o a ficar sem família. Na sua trajetória consta uma viagem para Itália.
Com seus conhecimentos sobre o ocultismo e com a sua habilidade de prever o futuro, começou a escrever uma série de almanaques anuais, sendo o primeiro lançado em 1550, e passou a utilizar o seu nome em latim, de Nostredame para Nostradamus. Quando ele lançou o livro Les Propheties (As Profecias), muitas pessoas passaram a pensar que ele era o demônio e o chamavam de herege. Mas outras classes sociais aprovaram a publicação, porque suas centúrias inspiravam profecias espirituais. Então o livro chamou a atenção de Catarina de Médicis, esposa de Henrique II de França, que era uma grande admiradora de Nostradamus, e depois ela o chamou para Paris para perguntar a ele qual seria o futuro de seus filhos através do horóscopo. Sofria de epilepsia psíquica, de gota e de insuficiência cardíaca. Morreu em 2 de julho de 1566 em Salon-de-Provence, vítima de um edema cárdio-pulmonar. Algumas previsões: Cent 10, Quad 6 O Sardon inundará o Nimes tão alto Que pensarão que Deucalião renasceu No colosso, a maior parte fugirá O fogo de Vesta aparece extinto no sepulcro Um incidente próximo à terceira guerra mundial. Uma bomba (ou avião) cairá sobre o Pentágono, transformando-o em um túmulo. O líder agressor inundará a imprensa com informações falsas para manter os EUA afastados do conflito. "Sardon" é o anagrama do nome do líder político. Cent 3, Quad 92 O mundo se aproxima de seu periodo final. Saturno novamente tardará em seu retorno O império se translada para a nação Brodde Um olho em Narbone é arrancado por um açor Terceira guerra mundial. Laboratórios secretos estudam novas tecnologias, mas serão destruidos. O público não terá conhecimento disso. O Anticristo começa a enfraquecer. Cent 4, Quad 60 As sete crianças deixadas com reféns A terceira matará o filho dele Duas serão perfuradas com um gancho Por causa desse filho, ele atacará Gênova e Florença. A queda da ONU. Confusão nas nações. O Anticristo ataca centros culturais. Cent 7, Quad 7 Sob o combate dos grandes, céleres cavalos Será clamado que o grande crescente é destruído Para matara à noite, nas montanhas, vestido em pele de cordeiro Abismos vermelhos no fosso profundo Tumultos no Oriente Médio. Os cavalos são o poder atômico. O derramamento de sangue em regiões outrora férteis (Iraque, Sudão etc.) mas agora desérticas. Ataques terroristas ("vestidos em pele de cordeiro"). Cent 2, Quad 60 A fé africana em Oriente rompida Grande Jordão, Ródano, Loire, e Tejo mudarão Quando a fome da mula for saciada Frota espargida, sangue e corpos boiarão No tempo do Anticristo, um confronto nuclear no Oriente Médio, rompendo um acordo de não-uso de armas nucleares. Essa guerra ocorrerá com um presidente democrata nos EUA ("o mulo"). A violência da explosão dispersará a frota nessa região. Rios mudarão seus cursos e os países retraçarão seus limites geográficos. O mar ficará com cor de barro, parecendo sangue. Fonte de pesquisa: Sites da Internet

Nenhum comentário:

Postar um comentário