Panacéia dos Amigos

VISITAÇÃO

quinta-feira

APENAS CONTEMPLE...


“Nada é impossível a quem pratica a contemplação. Com ela, tornamo-nos senhores do mundo.”
Lao-Tsé

Vou começar felicitando você, por se permitir um momento para esta leitura. Os momentos em que se detém a maré dos acontecimentos para segundos de reflexão pura e simples tem sido cada vez mais raros por força das circunstâncias,sim, mas também por comodismo e com o tempo provavelmente assim será por falta de costume.

Notório e contraditório que na época da informação sejamos uma multidão de desinformados. Porque a informação está aí e até temos acesso mas, não interiorizamos a informação, não deglutimos sua totalidade e não devolvemos nada ao mundo. Acredite seu sistema “digestivo” mental está constipado.

Muito se deve a ato que na época dos excessos se torna cada vez mais miserável: a contemplação. Ou se preferirem o popular “parar para pensar”.

“Que bobagem, eu paro para pensar!”- você pode estar pensando e acredito em você, mas questiono não apenas se você pensa, mas em quê pensa.

A sobrevivência do dia a dia é inerente e a máquina mental humana está apta e pronta a responder as necessidades primárias de ocupação, descanso, alimentação.  E não há nada de errado.

Mas você e eu somos capazes de muito mais. Quando foi a última vez que você realmente respirou fundo, parou e pensou? Com paciência, com discernimento, com inteligência. Uma tentativa honesta de contemplação. Pensando e repensando as notícias e acontecimentos do dia, o que significam. Que há por trás delas? O que significa para minha vida, da minha família, da sociedade? Porque todos pensam a mesma coisa em grandes grupos como se fossem apenas enormes boiadas separadas por cercas de enormes fazendas diferentes? Diferentes? Não,todos aprisionados.

Não nos detemos para pensar porque o pensamento está cerceado por todas as formas de cercas já pré-montadas. Não há mal que você goste de uma fazenda, mas apenas para ser gado??? 

É isso o que acontece com quem não pensa. E quando se pensa existe uma análise, um questionamento, uma humildade, e enfim um entendimento e reposicionamento. Você não está mais certo ou errado do que os outros. Você está diferente. E na diferença colabora para o enriquecimento da virtude humana.

Diferenciamos aqui aquele que contempla e se enriquece de criatividade, compaixão e entendimento dos que apenas se revoltam. Esses não são pensadores, são bois bravios se agitam para morrer como todo mundo. A verdadeira contemplação faz compreender que não há cerca alguma para o pensador livre. A revolta só pode existir naqueles que não conseguem se libertar.

O que devemos é observar a realidade além da perspectiva ordinária, como se, de repente, você subisse em uma cadeira para ver a vida por outro ângulo. Como o prof. Keating no clássico “A sociedade dos Poetas Mortos”.

Estou propondo a contemplação por 10 minutos diários que sejam. “Quem sou eu?”, “Qual é o meu papel em toda esta intensa realidade?”, “Que legado quero deixar para o futuro”?
Contemple a si mesmo. Em silêncio. Contemple toda a realidade. Em humildade. Contemple a virtude. Com vontade de obtê-la e espalha-lá. Contemple que não se trata de devaneio. Apenas..contemple!










The Beatles - A Day In The Life

A PANACÉIA ESSENCIAL 10: A PAPISA JOANA

segunda-feira

American Pie - Don McLean (tradução)

Mr. Tambourine Man (Live at the Newport Folk Festival. 1964)



Hey! Mr. Tambourine Man, play a song for me,
I'm not sleepy and there is no place I'm going to.
Hey! Mr. Tambourine Man, play a song for me,
In the jingle jangle morning I'll come followin' you.

Though I know that evenin's empire has returned into sand,
Vanished from my hand,
Left me blindly here to stand but still not sleeping.
My weariness amazes me, I'm branded on my feet,
I have no one to meet
And the ancient empty street's too dead for dreaming.

Hey! Mr. Tambourine Man, play a song for me,
I'm not sleepy and there is no place I'm going to.
Hey! Mr. Tambourine Man, play a song for me,
In the jingle jangle morning I'll come followin' you.

Take me on a trip upon your magic swirlin' ship,
My senses have been stripped, my hands can't feel to grip,
My toes too numb to step, wait only for my boot heels
To be wanderin'.
I'm ready to go anywhere, I'm ready for to fade
Into my own parade, cast your dancing spell my way,
I promise to go under it.

Hey! Mr. Tambourine Man, play a song for me,
I'm not sleepy and there is no place I'm going to.
Hey! Mr. Tambourine Man, play a song for me,
In the jingle jangle morning I'll come followin' you.

Though you might hear laughin', spinnin',
swingin' madly across the sun,
It's not aimed at anyone, it's just escapin' on the run
And but for the sky there are no fences facin'.
And if you hear vague traces of skippin' reels of rhyme
To your tambourine in time, it's just a ragged clown behind,
I wouldn't pay it any mind, it's just a shadow you're
Seein' that he's chasing.

Hey! Mr. Tambourine Man, play a song for me,
I'm not sleepy and there is no place I'm going to.
Hey! Mr. Tambourine Man, play a song for me,
In the jingle jangle morning I'll come followin' you.

Then take me disappearin' through the smoke rings of my mind,
Down the foggy ruins of time, far past the frozen leaves,
The haunted, frightened trees, out to the windy beach,
Far from the twisted reach of crazy sorrow.
Yes, to dance beneath the diamond sky
with one hand waving free,
Silhouetted by the sea, circled by the circus sands,
With all memory and fate driven deep beneath the waves,
Let me forget about today until tomorrow.

Hey! Mr. Tambourine Man, play a song for me,
I'm not sleepy and there is no place I'm going to.
Hey! Mr. Tambourine Man, play a song for me,
In the jingle jangle morning I'll come followin' you.

With A Little Help Of My Friends with Joe Cocker


What would you do if I sang out of tune?

Would you stand up and walk out on me?
Lend me your ears and I'll sing you a song
I will try not to sing out of key
Oh, baby I get by (Ah, with a little help from my friends)

All I need is my buddies (Ah, with a little help from my friends)
I say I'm gonna get high (Ah, with a little help from my friends)
Oh yeah (Ooh)
What do I do when my love is away?

(Does it worry you to be alone?)
No no
How do I feel at the end of the day?
(Are you sad because you're on your own?)
I tell ya I don't get sad no more
Gonna get by with my friends (Ah, with a little help from my friends)

Yeah yeah, I'm gonna try (Ah, with a little help from my friends)
Keep on getting high, oh Lord (Ooh)
I need somebody to love

(Could it be anybody?)
All I need is someone
That's just where I'm going, yeah
Somebody knows that's where I'm showing
Baby
Said I'm gonna make it with my friends (Ah, with a little help from my friends)

Oh, I'm gonna keep on trying (Ah, with a little help from my friends)
I'm gonna keep on trying (Ooh)
I'm certain it happens all the time, yeah

(What do you see when you turn out the light?)
I can't tell you but it sure feels like mine
Don't you know I'm gonna make it with my friends? (Ah, with a little help from my friends)

I promised myself I'd get by (Ah, with a little help from my friends)
Said I'm gonna try and not work too hard (Ooh)
Well I, yeah yeah yeah

(Could it be anybody?)
Oh there's gotta be somebody
Don't treat me wrong Lord
Oh yeah yeah
Said I'm gonna get by with my friends, yeah (Ah, with a little help from my friends)

Oh, yes I'm gonna keep trying, now (Ah, with a little help from my friends)
Keep on trying with my friends (Ah, with a little help from my friends)
Oh, I'm never gonna stop there, oh (Ah, with a little help from my friends)
I'm gonna keep on trying, yeah yeah (Ah, with a little help from my friends)
I'm getting high, I'm gonna make time, oh Lord (Ooh)
Gonna get by with my friends
Oh, I'm gonna get on by, yes I'm gonna get on by, my Lord
I'm gonna tell them all about it, I'm gonna tell them all, yeah yeah