Panacéia dos Amigos

VISITAÇÃO

segunda-feira

Alho e Sáude

O alho é o remédio preferido dos adeptos da terapia com ervas e dos naturopatas. Há cerca de 5 mil anos é usado medicinalmente, sendo considerado, com aprovação médica, uma das plantas medicinais mais versáteis e eficazes.

O alho era conhecido entre os gregos antigos por "rosa de mau cheiro" e pertencente ao mesmo grupo botânico da cebola, cebolinha e o alho-poró.

As listas de doenças para os quais o alho tem sido receitado é bastante extensa. As doenças tratadas vão desde acne, asma, artrite até bronquite, distúrbios intestinais, dores de dente, picadas de insetos, parasitas, problemas digestivos, problemas de rins, reumatismo, pressão arterial elevada, coqueluche, tuberculose e verrugas, entre outras.

As aplicações do alho regra geral são as seguintes:

Antibiótica

Anti-inflamatória

Anti-microbiana

Anti-asmática

Anti-oxidante

Anti-cancerígeno

Protector cardiovascular

Sabe-se que o alho contém vitaminas B1,B2,C e a provitamina A, além de vários antibióticos naturais, agentes anticoagulantes e ingredientes controladores do colesterol.

Entre os efeitos benéficos que se atribuem ao alho, contam-se: capacidade para destruir bactérias nocivas (patogênicas) nos intestinos, sem qualquer efeito sobre os organismos benéficos que auxiliam a digestão; capacidade de decomposição do colesterol, a substância gorda que se acumula nas artérias e pode provocar doenças do coração; eficácia contra bactérias que podem não ser afetadas por antibióticos, capacidade de melhorar a resistência à infecções virais; eficácia como preventivo contra muitas doenças, especialmente as chamadas doenças de inverno, tais como resfriados e gripes, problemas dos seios perinasais e males dos brônquios.

Julga-se que o alho tem propriedade de baixar a pressão arterial. Um especialista da Universidade de Genebra declarou que o alho provoca a dilatação dos vasos sanguíneos, reduzindo assim, a pressão no interior deles.

O Alho deve ser consumido cru, pois após ser aquecido ou transformado, perde ou transforma as suas propriedades benéficas. No caso das cápsulas, estamos a falar de extratos prensados a frio, macerações ou ainda alho envelhecido, que tem vindo a ser provado a sua eficácia e a ultrapassar as outras apresentações devido ao aumento da concentração das substâncias activas.

A nossa recomendação vai para 500 a 1000mg de óleo Alho por dia, como efeito protector ou 1 a 2 dentes crus e frescos por dia.

Fonte: Sites da Internet

___________________________________________________________________________________

Tenho consumido 01 dente de alho regularmente e pude comoprovar seus efeitos benéficos sobre resfriados, por exemplo. Cabe registar que o consumo de alho cru causa uma halitose natural, dificuldade solucionada tomando um copo de limonada(sem açucar) , que também potencializa ainda mais a resistência de nossa saúde corporal. Estou convencido do poder da medicina natural e com frequência pretendo deixar novas dicas aqui na Panacéia!

Nenhum comentário:

Postar um comentário