Panacéia dos Amigos

VISITAÇÃO

terça-feira

A Metamorfose - Franz Kafka

Uma manhã, ao despertar de sonhos inquietantes, Gregor Samsa deu por si na cama transformado num gigantesco inseto".

É desta maneira que começa a história de Gregor Samsa, um caixeiro-viajante que numa manhã qualquer, ao acordar para o trabalho, vê que se transformou num inseto horrível( É isso mesmo!)com um "dorso duro e inúmeras patas". A princípio seus tormentos são pela transformação em si, mas, paulatinamente suas preocupações passam para um estado mais sentimental. Gregor sente-se magoado pela repulsa dos pais perante a sua metamorfose. Apenas a irmã se presta a levar a sua alimentação, mas mesmo ela começa a sentir a repulsa e o medo.

A metamorfose de Gregor vai além da modificação física. Trata-se de uma alteração de comportamentos, atitudes, sentimentos e opiniões. Ao enfrentar uma mudança tão radical em si mesmo, Gregor passa a analisar com mais atenção o mundo à sua volta, ao ser tirado de sua “rotina” e “normalidade” as portas da percepção se abriram. Sua situação mudou a vida de sua família:O pai volta a trabalhar, a irmã também arranja um emprego e passam a alugar quartos na própria casa onde habitam. Ora, então torna-se claro que Gregor era apenas o "sustento" da casa. Mas, que a família adaptou-se a sua falta e continuou vivendo, com o tempo mal se perturbando com ele. O mais fascinante é que em nenhum momento da obra, Gregor se dá conta realmente que se transformou num inseto.

A metamorfose é uma obra tão genial quanto perturbadora e que não oferece respostas. O verdadeiro significado da mutação do personagem caberá a percepção de cada leitor o que proporcionará, de certo modo, sua própria transformação.

Fonte de pesquisa: Wikipédia

E lembrem-se:

Quem lê um livro comunga com a alma deste, e desta comunhão renova a sua própria!

Nenhum comentário:

Postar um comentário