Panacéia dos Amigos

VISITAÇÃO

quarta-feira

Os livros da Magia

Quando me foram entregues os números desta série eu já sabia do que Neil Gaiman era capaz. O ano era 1992 e eu acabara de devorar as edições de Sandman pelo menos até o arco dos "Espelhos Distantes" e na verdade estava ansioso por mais obras do mestre inglês. Se eu já esperava mais do mesmo do genial escritor britânico, eu não esperava uma arte tão grandiosa como me deparei nesta obra. Embora fosse um fã de HQ ainda estava recente meu contato com artistas daquele nível. Até aquele momento conhecia o trabalho de Dave Mckean(Em Sandman e Asilo Arkham), Sam Kieth, Bill sienkiewicz e Dave Gibbons e naquele momento entrava em contato com John Bolton, Scott Hampton, Charles Vess( este já conhecia de Sandman) e Paul Johnson. As ilustrações realmente nos levaram ao mundo da magia e era ótimo apreciar os mesmos personagens sob estilos tão diversos de traço. Como aspirante a desenhista foram edições marcantes. Não estava habituado a qualidade gráfica daquelas edições, de certa forma elas me levaram literalmente a um outro mundo. Falemos sobre a obra: Livros da Magia é uma revista de histórias em quadrinhos do selo Vertigo - a divisão de histórias para leitores maduros da DC Comics. Os Livros da Magia surgiram primeiro como uma mini-série escrita por Neil Gaiman dividida em quatro revistas. Cada revista foi desenhada por um artista diferente (em ordem, John Bolton, Scott Hampton, Charles Vess e Paul Johnson. Mais tarde tornou-se uma primeira série regular (que foi publicada no Brasil pela Editora Abril como parte do Almanaque Vertigo, este material eu considerei bastante sofrível, e com artistas igualmente sofríveis nos desenhos), outras mini-séries e uma segunda série regular - esta começou em setembro de 2004. Livros da Magia conta a história de Timothy Hunter, ou apenas Tim, um garoto inglês que pode se tornar o maior mago do mundo, o "Merlin" de nossa época. Mas, no momento Tim é apenas um jovem suburbano aparentemente normal, exceto talvez por sua tagarelice crônica que se manifesta principalmente quando está nervoso. Um dia, ao matar aula, é perseguido por homens estranhos, e um deles o questiona se acredita em magia. Estes magos são os mais célebres do universo em quadrinho da DC.
John Constantine, Doutor Oculto, Mister Io e Vingador Fantasma
Mister Io, Vingador Fantasma, Doutor Oculto e John Constantine - que, cientes da perspectiva de poder no futuro de Tim, reservaram a sí próprios a missão de apresentá-lo ao mundo da magia e em seguida oferecer-lhe a escolha de trilhar ou não os caminhos místicos, além de evitar que irmandades negras o encontrem e o levem para a senda do mal. Na primeira revista, o Vingador Fantasma leva Timothy numa viagem ao passado, mostrando a história do sobrenatural desde o princípio do universo até os tempos atuais. Nos tempos passados, Tim fica conhecendo a vida de vários magos e tem a oportunidade de ver a que fim a magia os levou. Na segunda revista, John Constantine o leva para Nova York e outras cidades dos EUA para conhecer outros magos que habitam a Terra no presente. A maioria desses é formada por homens (e outras criaturas) sombrios e cruéis. A grande exceção é a amiga de Constantine Zatanna (que também é a filha do mago Zatara, cuja história triste Tim presenciou em sua viagem ao passado). Nâo direi detalhes, mas nesta edição, John Constantine tem uma das melhores cenas de sua trajetória de personagem durante um encontro dos magos, tudo pela criatividade de Gaiman. Na terceira revista, o Doutor Oculto e seu alter-ego feminino Rose guiam Timothy por uma viagem aos outros mundos. Céu e Inferno são mostrados, assim como vários outros mundos (inclusive o Sonhar, reino habitado por Sandman, mas o enfoque da revista fica principalmente sobre o mundo de Arcádia, que é onde moram os personagens das lendas. A rainha de Arcádia, Titânia, lasciva e maliciosa, tensiona manter Timothy em seu reino como um servo. Na quarta e última revista, Mister Io carrega Tim numa excursão por um de seus possíveis futuros. Próximo ao presente Tim aparece como o vilão de uma guerra entre magos que ele mesmo teria provocado. Eles continuam avançando cada vez mais, vendo e ultrapassando um possível fim da humanidade para chegar ao fim do próprio universo. Uma vez lá, Mister Io, que acha que a ameaça que Tim pode se tornar é um risco muito grande, tenta matá-lo, aproveitando-se de estar no lugar (do tempo) onde achava que ninguém poderia interferir. Novamente, sem estragar a surpresa prepare-se para a intervenção de uma personagem muito especial do universo de sandman. No fim dessa última revista enfim perguntam a Tim se ele deseja se tornar um mago. Desta resposta depende o seu destino. Certamente, esta é uma das melhores HQs de todos os tempos, não percam a oportunidade de se maravilhar com ela. Foi levantado por fãs a polêmica de que Harry Potter era um plágio de Tim Hunter, na minha opinião há de fato, muitas similaridades, no entanto, Neil Gaiman afirmou não acreditar nisso de forma alguma e que aprendizes de mago são assuntos recorrentes na literatura mundial. Se ele acredita mesmo nisso ou foi apenas um pouco da "fleuma britânica" , jamais saberemos..
Fonte de pesquisa: Wikipédia

Nenhum comentário:

Postar um comentário