Panacéia dos Amigos

VISITAÇÃO

segunda-feira

O mago Merlin




Os primeiros registros existentes onde consta Merlin (Armes Prydein, Y Gododdin) são do começo do século 10, nele consta que Merlin era um mero profeta, mas o papel dele foi evoluindo gradualmente como mago, profeta e conselheiro, ativo em todas as fases da administração do reinado do Rei Arthur. Ele foi aparentemente chamado ao nascer com o nome de Emrys num local chamado Caer-Fyrddin (Carmarthen). Só depois ele tornou-se conhecido como Merlin, uma versão latinizada da palavra gaulesa, Myrddin.

Merlin era o filho bastardo da Princesa Real de Dyfed. Porém, o Rei, pai da princesa, Meurig ap Maredydd ap Rhain, não é encontrado nas genealogias tradicionais deste reino e provavelmente era um sub-rei da região que limita Ceredigion. O pai de Merlin, é dito, era um anjo que tinha visitado a Princesa Real e tinha a deixado com a criança. Os inimigos de Merlin diziam que o pai dele era um incubus, um espírito mau que tem relacionamento com mulheres enquanto dorme. As pessoas suspeitavam que a criança "diabólica" (Merlin) veio para ser um contra peso à boa influência que Jesus Cristo teve na terra. Merlin, felizmente, foi batizado cedo em vida, é contado que este evento negou o mal na natureza dele, mas os poderes do lado esquerdos ficaram intactos nele. A história original foi inventada para salvar a mãe dele do escândalo que teria acontecido presumivelmente a ligação dela com Morfyn Frych (o Sardento), Príncipe secundário da Casa de Coel, ato de conhecimento público.

A lenda nos conta que a retirada romana da Inglaterra e a usurpação do trono dos herdeiros legítimos, fez com que Vortigern fugisse da saxônia e fosse para Snowdonia, em Gales, na esperanças de construir uma fortaleza em uma montanha em Dinas Emrys onde ele poderia estar seguro. Infelizmente, a construção vivia desmoronando e os feiticeiros da casa de Vortigern lhe falaram que um sacrifício de uma criança órfã resolveria o problema. Uma pequena dificuldade foi isto pois aquelas tais crianças eram bastante difíceis de serem encontradas. Felizmente para a fortaleza de Vortigern, Merlin era conhecido por não ter nenhum pai humano e o disponibilizaram.

Antes que o sacrifício pudesse acontecer, Merlin usou os grandes poderes visionários dele e atribuiu o problema estrutural a uma piscina subterrânea no qual viveu um dragão vermelho e um dragão branco. O significado disto, de acordo com Merlin, era que o dragão vermelho representou os Bretões, e o dragão branco, os Saxões. Os dragões lutaram, dragão branco levou a melhor, no princípio, entretanto o dragão vermelho empurrou o branco para trás. O significado estava claro. Merlin profetizou que Vortigern seria morto e o trono seria tomado por Ambrosius Aurelianus, depois Uther, depois o grande líder, Arthur. Caberia a ele empurrar os Saxões para trás.

De acordo com a profecia, Vortigern foi morto e Ambrosius tomou o trono. Depois, Merlin parece ter herdado o pequeno reino do avô dele, mas abandonou as terras dele em favor da vida mais misteriosa para a qual ele se tornou tão bem conhecido (a vida druídica). Depois que 460 nobres britânicos foram massacrados na conferência de paz, como resultado do artifício saxônio, Ambrosius consultou Merlin sobre erguer um marco comemorativo a eles. Merlin, junto com Uther, levou uma expedição para a Irlanda para obter as pedras do Chorea Gigantum, o Anel do Gigante. Merlin, pelo uso dos poderes extraordinários dele, devolveu as pedras para um local, um pouco a ocidente de Amesbury, e os reergueu ao redor da sepultura da massa dos nobres britânicos. Nós chamamos este lugar Stonehenge.

Após a sua morte, Ambrosius teve como sucessor o seu irmão, Uther, quem, durante a perseguição dele a Gorlois, conheceu a esposa irresistível de Gorlois, Igraine (Ygerna ou Eigr em alguns textos), Uther voltou para as terras em Cornwall, onde foi pedir para Merlin ajuda-lo a possuir Igraine, e para Merlin ajuda-lo, Uther teve que fazer um trato com Merlin de que a criança que nascesse da união de Uther com Igraine fosse dada a Merlin para ele se torna o tutor da criança, Uther aceitou e foi ajudado por Merlin que o transformou na imagem de Gorlois. Uther entrou no castelo de Gorlois e conseguiu enganar Igraine a pensar que ele era o marido dela, e engravidou-a, concebendo ela uma criança, Arthur. Gorlois, no entanto não sabendo no que iria acontecer, saiu para encontrar-se com Uther no combate, mas ao invés, foi morto pelas tropas de Uther, enquanto Uther se passava por Gorlois.

Depois do nascimento de Arthur, Merlin se tornou o tutor do jovem menino, enquanto ele crescia com o seu pai adotivo, Senhor Ector (pseudônimo Cynyr Ceinfarfog). No momento definindo da carreira de Arthur, Merlin organizou uma competição da espada-na-pedra (a espada era Caliburnius e não a Excalibur, Excalibur veio após Arthur quebrar Caliburnius) pela qual o rapaz se tornou o rei. Depois, o mago conheceu a mística Dama do Lago na Fonte de Barenton (na Bretanha) e a persuadiu a presentear o Rei com a espada mágica, Excalibur. Nos romances, Merlin foi o criador da Távola Redonda, e esta sempre ajudando e dirigindo os eventos do rei e do reino Camelot. Ele é pintado por Geoffrey de Monmouth, ao término da vida de Arthur, acompanhando Arthur ferido para a Ilha de Avalon para a curar das feridas dele. Outros contam como tendo se apaixonado profundamente por Morgana, a meia irmã de Arthur, e ele concordou em lhe ensinar todos seus poderes místicos. Ela ficou tão poderosa que as habilidades mágicas dela "excederam" às de Merlin. Determinou que não seria escravizada por ele, e prendeu-o em um calabouço, uma caverna semelhantemente a uma prisão. Assim a ausência dele na Batalha de Camlann era no final das contas responsável pelo falecimento de Arthur.

As profecias de Merlin

Cruzadas:
“Depois que a coisa nascida anteriormente na parte de Jerusalém [o Cristianismo] tenha a idade de 1250 anos, grande multidão de cristãos irá além-mar combater contra os sarracenos, e tais cristãos serão quase todos mortos” [e não deu outra].


Descobrimento da América - Escravidão:
“Maior será a terra, porque na Terra haverá terras. Homens selvagens [nativos americanos] conhecerão os homens que virão do mar. E depois os navios levarão ouro [e como saquearam nossas riquezas...]. Escrava será a África. Mas a África dominada escrava, dominará.”


Revolução Francesa:
“Pouco antes que a coisa anteriormente nascida em Jerusalém tenha terminado a sua décima oitava idade (século 18), por mais que tenham sido as proezas de seus antepassados, nesse tempo os franceses serão mais odiados do que foram seus antepassados. O sangue cairá sobre a Gália (França) e a cabeça do rei será cortada. E a cabeça da rainha será cortada. E a cabeça do príncipe será cortada. E a cabeça de tantos amigos do rei serão cortadas. Será tempo de terror. Muitas pessoas derramarão seu sangue e o vento se deslocará por muitos céus; e do vento nascerão novas leis” [Ventos da liberdade inspirados na Revolução Francesa]


AS TRÊS POTÊNCIAS MUNDIAIS - A III GUERRA MUNDIAL - O GRANDE MONARCA
“O mundo será um gramado. E sobre o gramado brincarão três meninas [EUA,Europa + China-Rússia]. Mas sob a Terra eu vejo fogo. E, quando uma dessas meninas lançar a pedra, todas as três meninas serão atingidas. Sobre o gramado haverá fogo e sobre cada chama estará escrito um nome. Mas o nome foi escrito para ser esquecido”.

“Quando a Santa Mãe do Senhor aparecer em vários lugares [as aparições da Virgem] e quando Pedro [o Papa] tiver dois nomes [João Paulo], será o momento de se preparar, pois a sexta hora está próxima” [sexta hora é a hora da agonia].


A BABILÔNIA MODERNA
“Do mar virá grande luxúria, muitas mulheres e muitos homens serão arrastados, e esse será um dos sinais de que o mundo está mudando. Em todo lugar haverá Babilônia [degeneração], e a visão de muitos justos será ofuscada pela fumaça de Babilônia..." [a indústria do cinema e da pornografia espalhou-se já pelo mundo].


MUDANÇA DA IGREJA
“O Pastor [papa] condenará e depois abençoará a Bretanha [já houve o cisma da igreja anglicana; recentemente houve a reunião das duas]. Muitas coisas não serão como antes. Roma beberá no mesmo cálice. De Roma sairá uma excomunhão [cisão?], enquanto a guerra será cruenta em Jerusalém [Isso se aplica aos nossos dias]. Depois da festa haverá o saque. Paulo [a igreja] e Pedro [o papa] estarão afastados de Roma, e muitos serão condenados ao exílio. Na Grande Ilha do Mar [Inglaterra] chegará Paulo, quando em Jerusalém estiver mudado. Apenas uma parte do clero acompanhará Paulo [a igreja] a Ilha... O seu governo terá a marca da paz. E ensinarão uma nova maneira de viver.” [Outros profetas dizem que o papa terá que abandonar Roma; Merlin diz aqui que ele irá para a Inglaterra]

“Depois da festa haverá o saque”. E tudo coincide com o “canto” do outro Mago, o Ladino: “Mudam as bandeiras, muda a fanfarra, mas a história é sempre amarga... Pedro [o papa] retorna. Mas sobre a grande cúpula [Basílica de São Pedro] no lugar da cruz haverá um bastão.”


O FIM DOS TEMPOS
“O dragão [anticristo] aparecerá vitorioso, cheio de honrarias. Mas será bom que os homens mantenham seu olhar fixo sobre a Toscana [Itália], pois será desse lado que aparecerá o dragão [o anticristo dentro da igreja]. E ali serão sacrificadas as virgens [os inocentes pelos casos de pedofilia em todas as partes]. O litoral de Cartago [norte da África] será tragado pelo mar e outras terras serão desfiguradas [as primeiras catástrofes]. É o tempo do dragão [pleno domínio do anticristo] da Babilônia... Quando o dragão da Babilônia chegar ao fim [fim do materialismo ateísta], muitos sinais prodigiosos surgirão no céu. E muitos sinais prodigiosos brotarão da terra africana [surgimento de novas terras]. As cidades dos seguidores do dragão serão destruídas" [as grandes metrópolis do mundo].

“Perto do fim do mundo, quando o sol e a lua mudarem [chegada de Hercólubus], os grifos virão para comer o trigo. Os países serão cheios de lágrimas [doenças e carestia de alimentos e água]. O sol demorará no Oriente e a lua no Ocidente [os dias serão mais longos]; e não cumprirão mais o seu curso [haverá deslocamento de órbita da terra como predito por Nostradamus]. Na época em que os homens e mulheres terão filhos mais raramente [controle da natalidade - hoje em dia], as pessoas perderão a fé e o mundo será extremamente mau; os pequenos [crianças] serão esmagados [a vida humana hoje não vale nada e a violência virou banalidade]. Os grifos voarão sobre o Egito" [é no Oriente Médio que deve iniciar a III Guerra. Os Grifos de Merlin podem ser aviões de guerra e/ou mísseis]

“Perto do fim do mundo, o papa e os cardeais terão que fugir de Roma para um local onde passarão despercebidos, sob circunstâncias difíceis. Ele [o papa] morrerá de forma cruel em seu exílio [é o que muitos prevêem para o último papa]. Os sofrimentos da Igreja serão maiores do que em qualquer tempo passado de sua história” [karma pelas atrocidades cometidas no passado].


O LEVANTE MUÇULMANO
“Antes que a coisa nascida em Jerusalém tenha 20 anos, o Oriente se inflamará entre o Eufrates e o Nilo e muita gente morrerá [guerra do Iraque]. Haverá um papa que não se atreverá a olhar para Roma [João Paulo II não olhou para Roma; olhou para o mundo]. Uma coisa parecida que os romanos têm que saber é que antes desse papa falecer, Nosso Senhor lhe fará sofrer uma tal vergonha que não terá paralelo [isso bem poderá ser aplicado a Bento XVI]. É necessário que os romanos [católicos-cristãos] saibam, entre outras coisas, que a partir de então começará sua destruição passo a passo, e que será por seus pecados...” [Sem dúvida, a igreja romana cavou a própria sepultura...]


GRANDE PERSEGUIÇÃO CONTRA A RELIGIÃO
“O culto da religião [católica] será destruído completamente, e a ruína das igrejas [construções] estará clara para todos verem. A raça que é oprimida prevalecerá no fim, porque resistirá à selvageria dos invasores... Se levantará o Verme Alemão. O Lobo do Mar exaltará o Verme... A religião [o catolicismo] será destruída pela segunda vez e os olhares dos primazes serão movidos para outros lugares". [Raça oprimida hoje são os árabes, que tem sofrido sucessivos ataques e invasões no último século]..

Nenhum comentário:

Postar um comentário