Panacéia dos Amigos

VISITAÇÃO

quarta-feira

Disney confirma nova trilogia de "Star Wars" e planeja lançar filmes inéditos a cada 2 ou 3 anos





Uma década após George Lucas dizer que “Star Wars” não mais apareceria nos cinemas, uma nova trilogia chegará às telas depois que a Walt Disney anunciou nesta terça (30) que comprará a Lucasfilm por US$ 4 bilhões.O sétimo filme, com o título provisório de “Episódio 7”, tem previsão de lançamento para 2015 e episódios 8 e 9 seguirão. A trilogia continuará a história de Luke Skywalker, Han Solo e a Princesa Leia além de “O Retorno de Jedi”, o terceiro filme lançado e o sexto da saga. Depois disso, a Disney planeja um novo filme de “Star Wars” a cada dois ou três anos. Lucas trabalhará como consultor nos novos longas.

“Eu estou fazendo isso para que os filmes tenham uma vida mais longa”, disse Lucas, o criador da saga e dono da Lucasfilm, em uma entrevista postada no YouTube. “Eu posso ser um fã agora... algo que eu quero muito. É muito mais divertido, na verdade, do que ter que sair na lama e na neve”.O CEO da Disney Bob Iger disse que a Lucasfilm já desenvolveu uma narrativa detalhada para a nova trilogia, e que “Episódio 7” está em fase inicial de desenvolvimento. Ele disse que conversou há cerca de um ano e meio com Lucas sobre comprar a empresa, mas eles não fecharam um acordo até recentemente, conforme Lucas se aposenta.

“O último filme de ‘Star Wars’ foi ‘A Vingança dos Sith’, de 2005 – e acreditamos que há uma demanda substancial”, disse Iger.O acordo anunciado terça determina que a Disney pagará metade do valor em dinheiro e o restante em ações. A companhia espera ver aumento na renda em 2015 e apontou como amostra do valor da Lucasfilm que a empresa ganhou US$ 550 milhões no ano que “A Vingança dos Sith” foi lançado. Junto com o dinheiro, Lucas vai ser dono de 40 milhões de ações da Disney, que representa cerca de 2,2% das 1,83 bilhões de ações em circulação quando a transação for fechada. A Disney não informou quando isso acontecerá.


Outra novidade apresentada no comunicado foi a de que o "conteúdo de 'Star Wars' será integrado a rede de parques temáticos da Disney", na cidade de Orlando, na Flórida, além de Anaheim, Paris e Tóquio. No parque Hollywood Studios, já há uma atração relacionada aos filmes, o simulador Star Tours. A empresa espera com essas estratégias, "florescer o trabalho da Lucasfilms por mais 35 anos."

A Disney informa que a aquisição foi inspirada nas compras milionárias feitas pela empresa, da Pixar, em 2006, e da Marvel, em 2009. Junto com a franquia de "Star Wars", a Disney também adquire as tecnologias de filmagem e exibição criadas pela empresa. Mas explica que os funcionários que trabalham nos estúdios, atualmente localizados em San Francisco, na Califórnia, assim como a presidente e produtora executiva Kathleen Kennedy, serão mantidos em seus locais de trabalho.

Em agosto de 2012, a Lucasfilms já tinha anunciado o relançamento de duas franquias da saga em 3D. "Guerra nas Estrelas: Episódio II - O Ataque dos Clones" chegará aos cinemas dos Estados Unidos em 3D no dia 20 de setembro do ano que vem, e sua continuação, "Guerra nas Estrelas: Episódio III - A Vingança dos Sith", estreará semanas mais tarde, no dia 11 de outubro.

Na época, o estúdio da Fox seria o responsável pela distribuição dos filmes depois da boa recepção que teve neste ano o lançamento no formato estereoscópico do primeiro capítulo da famosa saga, "Guerra nas Estrelas: Episódio I - A Ameaça Fantasma".

Essa versão arrecadou US$ 43,5 milhões nos EUA e US$ 59,3 milhões no resto do mundo, um número notável levando em conta que se trata de um filme que estreou originalmente em 1999, naquela ocasião em 2D.

Fonte: http://cinema.uol.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário