Panacéia dos Amigos

VISITAÇÃO

sexta-feira

Lendas Urbanas - Fofão, o Boneco Demoníaco

Segundo esta lenda uma tia teria dado um boneco do fofão para seu sobrinho que era um grande fã. Mas, nos dias seguintes a criança começou a ter pesadelos e gritava durante toda a noite. Preocupada a tia começou a querer entender o que estava acontecendo e veio a descobrir que o criador do personagem havia estabelecido um pacto com forças sombrias.

Ela chamou todos da família para que fossem até sua casa aonde queimariam o boneco. Quando o abriram para facilitar a tarefa encontraram uma adaga e neste mesmo instante o sobrinho gritou muito alto e aterrorizadamente. Finalmente, queimaram o boneco e a criança nunca mais teve os mesmos pesadelos. Mas, sua memória parece ter sido estranhamente apagada.

Pois, até hoje ele ainda pergunta o que aconteceu com seu boneco do fofão..

21 comentários:

  1. ai meu deus do seu
    ashahsjsquyhcoh r

    ResponderExcluir
  2. eu ja tive um boneco do fofão mais quando eu ovi essa historia fui ver se verdade e achei uma adaga e queimei o boneco numa fogueira dentro do semiterio perto da minha casa.

    ResponderExcluir
  3. eu acho que qualquer criança teria pesadelos depois de olhar atentamente esse boneco por mais de 10 segundos, não é difícil associar essa cara com a do bicho papão, ou ficar imaginando coisas sozinho no quarto com a presença desse boneco, deve ter sido isso o que aconteceu com o guri, o resto é conversa!
    desculpe o excesso de vírgulas, abraços!
    Marie Jo
    http://arewebeautiful.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. eu tinha um boneco do fofao que tentou me matar de noite... por sorte acordei e salvei minha vida... encontrei ele com uma faca da cozinha bem perto da minha cama... o que fiz foi tracar ele em outro quarto até o dia seguinte, quando queimei no patio de casa... enquanto queimava, o boneco fazia um som horrendo de sofrimento, uma espécie de gemido... o som era baixo, mas dava para ouvir se chegasse perto... depois de um tempo ficou visivel um punhal dentro dele... entao tive que chamar o padre para benzer toda a casa... foi assustador...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu deus que "coisa e muitas pessoas não acreditam" quem tem é melhor ficar de olho aberto...

      Excluir
  5. eu morro de medo desse boneco.quem nao teria pessadelo se olhase para esse coneco



    ana

    ResponderExcluir
  6. quem nao teria medo desse boneco

    ResponderExcluir
  7. eu morria de medo dele...

    ResponderExcluir
  8. eu morria de medo dele

    ResponderExcluir
  9. Meu deus sera quew e de verdade minha mae gostava desse boneco eu nunca mais vou chegar perto de um e tem outra lenda disendo que tem um objeto pontudo dentro dele cruses .....

    ResponderExcluir
  10. eu tenho o boneco,e gosto muito dele,minha irmãzinha pequena também e muito apegada a ele...não acho que seja tudo isso e só uma lenda,o fofão e meu brinquedo favorito eu ganhei quando tinha 2 anos,hoje tenho 20 e minha irmã 1,6 anos e muito legal ter um brinquedo antigo.

    ResponderExcluir
  11. Este boneco e pavoroso, não sei se acredito nessas lendas, mas qualquer pessoa que tenha um pingo de consciência tem que aceitar que a cara demoníaca dele dá medo, aquelas bochechas enormes e enrugadas pavorosas. Daria um bom filme de terror aquele boneco horripilante!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade parece um velho de mil anos

      Excluir
  12. NÃO SABIA DESTA LENDA. CADA COISA NÉ. BJS.

    ResponderExcluir
  13. Affz, ninguém merece isso e esses comentários...

    ResponderExcluir
  14. Affz, ninguém merece esses comentários mais estúpidos que a lenda...

    ResponderExcluir
  15. Uma vez eu vi o fofao andando na minha casa,ai eu tranquei ele no bau e no dia seguinte eu o queimei e ele começou a soutar um gemido estranho e depois ñ ocorreu mas nada do tipo.

    ResponderExcluir
  16. eu atropelei ele com o carrpo do meu pai quando fui ver o pneu do carro furou e havia um punhal dentro do reto do boneco

    ResponderExcluir
  17. escutei muito na infancia com meu brow fabio fabio sarjeta rodarte! saudades desse tempo!

    ResponderExcluir