Panacéia dos Amigos

VISITAÇÃO

sexta-feira

Lendas Urbanas - Caverna Curitibana

Diz a lenda que no século dezenove surgiu uma seita secreta em Curitiba chamada Caverna Curitibana . Os integrantes desta religião usavam as cavernas no subterrâneo da cidade para suas reuniões.

Muitos anos se passaram e em meados de 1960 foi inaugurada uma danceteria chamada Caverna Curitibana na Rua Barão do Rio Branco, esquina com Rua Quinze de Novembro, onde era um antigo Clube. Reza a lenda que os membros da seita citada se encontravam neste clube dançante nas noites com pouco movimento. Uma vez quando a casa estava cheia uma linda modelo, que era integrante da seita, chegou ao clube dançante e exclamou: - Quero morrer de tanto dançar! Após bailar e beber bastante, a mulher teve um ataque do coração e faleceu.

Algum tempo depois, a danceteria foi fechada. Segundo algumas pessoas era possível, sempre depois da meia – noite , ver a imagem de uma mulher loira , com roupas dos anos sessenta , nas janelas do estabelecimento abandonado . Na década de oitenta, no mesmo local onde era o Clube Caverna Curitibana , foi inaugurado um estabelecimento chamado : Lojas Brasileiras .

Patrícia era uma das funcionárias daquele comércio. Certo dia faltou luz e ela estava no estoque escuro, quando viu uma loira com roupas dos anos sessenta em sua frente. A moça se aproximou da estoquista e perguntou: - Onde é a pista de dança? Quero morrer de tanto dançar! Patrícia fechou os olhos e quando abriu, viu uma fumaça.Assim , a loira desapareceu . Atualmente não há mais Lojas Brasileiras naquele local . Hoje é uma loja de sapatos..

Porém as pessoas mais velhas da alta sociedade do Paraná nunca se esquecerão de um clube chamado Caverna Curitibana.

Nenhum comentário:

Postar um comentário