Panacéia dos Amigos

VISITAÇÃO

segunda-feira

Rafael

Rafael (1483-1520), pintor renascentista italiano, considerado um dos maiores e mais importantes artistas de todos os tempos. Entre suas primeiras obras, realizadas em Perúgia, destacam-se duas grandes composições: O casamento da Virgem (1504) e a folha do retábulo de Cittá de Castello, que representa a Crucificação com dois anjos, a Virgem e os santos Jerônimo, Madalena e João Evangelista (1503). PERÍODO FLORENTINO Em 1504, transferiu-se para Florença. Nessa época, efetuou uma mudança estilística que abrange da composição geométrica (ver Geometria) e a ênfase na perspectiva até uma maneira mais natural e suave de pintar. As obras destacadas desse período são Madona do grão-duque(1504-1505), A bela jardineira (1507-1508), a Virgem do pintassilgo (1505) e a Madona do baldaquino (1508). Entre suas primeiras obras, realizadas em Perúgia, destacam-se duas grandes composições: O casamento da Virgem (1504) e a folha do retábulo de Cittá de Castello, que representa a Crucificação com dois anjos, a Virgem e os santos Jerônimo, Madalena e João Evangelista (1503). PERÍODO ROMANO Em 1508, a chamado do papa Julio II, foi para Roma, onde se encarregou da decoração mural de quatro pequenos aposentos do Palácio do Vaticano. Entre as pinturas de cavalete desse período romano destacam-se o retrato de Julio II (1511-1512), a Madonna Sistina (1514?) e a Transfiguração (1517-1520). Em 1508, a chamado do papa Julio II, foi para Roma, onde se encarregou da decoração mural de quatro pequenos aposentos do Palácio do Vaticano. Entre as pinturas de cavalete desse período romano destacam-se o retrato de Julio II (1511-1512), a Madonna Sistina (1514?) e a Transfiguração (1517-1520).

Nenhum comentário:

Postar um comentário