Panacéia dos Amigos

VISITAÇÃO

quarta-feira

"Senta que o Tubinho vai entrar"! - espetáculo de humor com Pereira França Neto

Na segunda-feira (25/10/10) tive a oportunidade de assistir, com minha família, o espetáculo “Senta que o Tubinho vai entrar” do comediante Pereira França Neto. O espetáculo, é claro, tem como ápice seu personagem mais famoso Tubinho, o rei do riso.

Adoro a modalidade de humor, o Stand Up. Stand-up comedy é uma expressão em língua inglesa que indica um espetáculo de humor executado por apenas um comediante. O humorista se apresenta geralmente em pé (daí o termo 'stand up'). Em minha opinião é nela que filtramos o comediante. Tem que fazer rir. E rir muito. Sem TV, sem elenco de apoio, sem excessos de produção. Enfim, é engraçado ou não? A prova é ali no palco. Sozinho. Poucos elementos de cenário. Quase nenhum apoio de elenco.

É um tanto confusa e tênue a linha que separa o Stand Up com o monólogo de comédia e fiquei em dúvida se “Senta...” era um ou outro. Acredito que ele está sentado em cima da linha. Mas, independente disto, o que interessa é o riso. "Tudo junto e misturado" como é anunciado. As opções se mesclam para alegrar todos os gostos.

Independente do quanto eu goste do Tubinho, estava ali para assistir Pereira França Neto. Conhecer outros personagens e a capacidade do comediante em outros papéis que não fossem a “entidade sobrenatural” do Tubinho. Porque o próprio ator admitiu que ele apresenta personagens que ELE TEM. Mas, no final (Tubinho) ele apresenta o personagem QUE TEM ELE.

O espetáculo começa com Pereira França Neto se apresentando no melhor estilo Stand Up Comedy. Cara limpa, sem elenco de apoio, sem excessos e sem o Tubinho. O que temos?

Um comediante nato. É o que temos. Sim, Pereira França Neto é expressivo, com bom controle de voz, improviso e o mais importante um timing preciso. A sutil noção de tempo que faz com que mesmo a pior piada seja muito divertida. Pereira sabe o que faz e faz o que sabe. É de fato um ator cômico (e trágico também, acreditem!) de grande talento.

Na seqüência somos apresentados ao “Mandioca”, um bêbado em busca da regeneração. E como todo o bêbado que já tem em si uma aura cômica, o Mandioca é também um cronista e “filósofo” cômico da vida...alheia. Eu me diverti bastante com o personagem.

“Cornélio” foi o personagem seguinte. Um velhinho “diatribe”. Daí que vemos a vida sob o prisma de um velhinho sacana e cínico.

E claro, no momento mais esperado chega Tubinho, o rei do riso! O sagaz palhaço das mil e umas “arte-manhas”. Tubinho, o rei do riso, simplesmente e como sempre sobra no palco que parece pequeno para um personagem com tantos bordões, trejeitos e particularidades.

Paradoxalmente, é justamente na última esquete com Tubinho que o palco ganha a participação especial de Ricciely Lunardi (talentoso como poucos). Para o final, Pereira França Neto retoma o controle e fecha o espetáculo com o humor e simpatia habituais. Vale a destacar que o espetáculo tem a direção de Dedé Santana.

O público? Completamente derrotado no melhor sentido. Exausto de rir. Eu mesmo cheguei a ponto de pensar “pare, por favor, não agüento mais dar risada”, isto, amigos e amigas da Panacéia é a glória do comediante! Eu vi as pessoas saindo com um sorrisinho satisfeito e cansado...cansado de tanto rir! Eram uma onda de risos atrás do outro durante 01 hora e meia de espetáculo!

“Senta que o Tubinho vai entrar” é isso aí! Pedir para rir antes e implorar para parar de rir depois! Não perca a oportunidade de assistir ao espetáculo que a qualquer momento pode estar na sua cidade!

2 comentários:

  1. Eu admiro muito o Tubinho. Em Laranjal eu estive frente a frente com o Zeca ainda antes do Espetáculo, mas tive vergonha de dar-lhe um abraço bem forte e dizer que ele transformou a minha vida e por fim criei o palhaço leléu que hoje faz ações sociais.
    Tubinho você é Espetacular. E dia 09 estarei em Cerquilho com a minha família marcr presença na gravação de seu DVD.

    Um grande abraço,
    Daniel.

    ResponderExcluir
  2. Como era de se esperar, SUCESSO ABSOLUTO.. Acompanho o Circo de Teatro Tubinho a mais de 3 anos e não imaginava me surpreender tanto com um espetáculo com tão pouco tempo de Tubinho no palco... O Stand Up está nota 1.000. Apaixonante por cada detalhe, produção impecável e o talento do Zeca... sem comentários! Como dito acima: "Ele sabe o que faz e faz o que sabe!"

    ResponderExcluir