Panacéia dos Amigos

VISITAÇÃO

terça-feira

Pedra Letícia

Fui surpreendido com a "Garagem do Faustão" com o trabalho desta banda. Não estava esperando muita coisa dos vídeos que trariam canções de teor mais cômico, mas quando o primeiro "besta" surge na letra de "Teorema de Carlão", o sorriso vem fácil e não vai mais embora.

E o que é melhor, meus ouvidos não foram ofendidos, a melodia é assobiável e bem composta. Um bom trabalho, de fato.

O estilo comportado dos trajes em contraste com as bobagens cantadas pela banda me trouxeram "ecos de memória" das canções do Monty Python e a qualidade do trabalho tem paralelo com o lendário "Língua de Trapo" e o furor foi digno do efeito causado pelos "Mamonas Assassinas". Mas, toda a comparação é bobagem. Pedra Letícia é Pedra Letícia, e a julgar pelo trabalho inicial, tem boas chances de marcarem o cenário e se tornarem uma futura referência, veremos!

Vida longa ao sorriso!

Abaixo, um pouco da história da banda extraída do site oficial:

____________________________________________________________

"Conforme anunciava a crítica, a banda goiana Pedra Letícia vem marcando território no cenário musical brasileiro de maneira bem autêntica. Recentemente o trio despertou o interesse de várias gravadoras e lançou em setembro seu primeiro CD autoral e com selo da EMI, produzido pelo renomado Marcelo Sussekind.

A idéia da banda é mais antiga que a mesma. Apesar de terem se conhecido há pouco mais de três anos, os músicos Fabiano Cambota e Fabiano Áquila reativaram em Goiânia uma banda da qual Cambota fora fundador um pouco antes, enquanto fazia faculdade de rádio e TV em Bauru. O recomeço se dá, em 2005, no palco do bar FALANGE, em Goiânia, um quilombo do rock na cidade sertaneja. Um dos proprietários do estabelecimento era Thiago Sestini, que pela informalidade da banda, se permitia "dar canjas" com seu bongô ou cajon durante a apresentação da então "dupla". Mais tarde, Thiago assume oficialmente o posto de percussionista, impondo seu estilo, sua "pegada".

Hoje, de mudança para capital paulista, o Pedra Letícia tem agenda disputada. As músicas de autoria de Fabiano Cambota têm sido veiculadas com sucesso na internet, e já ultrapassam os 7 milhões de views no YOUTUBE. A música "Como que ôce pôde abandona eu" se tornou um hit nos sites de relacionamento e nas páginas de vídeo e música, atingindo a incrível marca de mais de 3,5 milhões. Algumas outras canções de autoria própria têm sido veiculadas com freqüência, com a facilidade de contar, sempre, com o bom humor, e a crítica sutil – ou nem tanto – de letras que remetem ao nosso cotidiano.

Tendo realizado grandes shows na capital goiana, além de diversas cidades no interior goiano, a banda embarcou sua irreverência para outros estados. A agenda já conta com shows no Paraná, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, São Paulo e Rondônia, além de apresentações em rádios e programas consagrados no país, como o Programa Pânico, da rádio Jovem Pan, em São Paulo e ainda as aparições no Programa Fantástico e Revista Capricho.

Trata-se, enfim, de uma banda atipicamente deliciosa de se ver e ouvir. A teatralidade faz do show um momento pra se divertir, rir, dançar e cantar junto. O repertório que inclui clássicos do rock – nem sempre levados muito a sério - e várias releituras de músicas infantis, principalmente da década de 80, agrada públicos de todas as idades, que acabam por se entregar ao momento descompromissado e divertido que a banda proporciona. Não há um tipo de público definido que freqüenta os shows do Pedra Letícia. Pergunte aos integrantes como é esse público, e ouvirá de algum deles que se trata de uma platéia muito "eclesiástica".

Site Oficial da banda: http://www.pedraleticia.com.br/?ir=home

Teorema de Carlão : http://www.youtube.com/watch?v=CD4UDYaIq3A

Um comentário:

  1. AAAAAAAAAA eu ja tinha apresentado essa banda muito antes do faustão heim!!!! só faltou uma dedicatória a mim =P UEHAUEHAUEHAUE
    Kco

    ResponderExcluir