Panacéia dos Amigos

VISITAÇÃO

sexta-feira

Acredite se quiser

"Acredite...(pausa dramática aliada a sorriso irônico de Jack Palance)...se quiser!"

Esta é uma memória bastante nítida da infância, o programa de TV "Acredite se quiser". Era um desafio para minha coragem e curiosidade infantil assistir o programa. Afinal, suas histórias bizarras poderiam fornecer pesadelos e temores por toda uma noite de sono (adicione isto, a viver numa área rural, aonde não havia iluminação externa e falta de luz era uma constante e, então, temos um desafio de envergadura assombrosa).

Mas, era um desafio fascinante, e hoje, lembro com saudades dos sustos e descobertas do quanto o mundo era estranho. Quantas histórias surpreendentes e estranhas haviam para ser contadas naquelas tardes de domingo na saudosa TV Manchete.

O nome original é Ripley's Believe It or Not! que era, originalmente, uma coluna publicada em centenas de jornais em todo o mundo, apresentando fatos inusitados e inacreditáveis, no entanto, apontados como histórias reais.

Tempos depois, foi criado o programa de televisão, produzido pela rede americana ABC de 1982 a 1986, e exibida pouco depois no Brasil pela Rede Manchete. Era apresentada pelo ator Jack palance, acompanhado de sua filha Holly Palance, a atriz Catheryn Sherriff e a cantora Marie Osmond.

Tal como a coluna, o programa de TV se tornou um sucesso mundial exibindo casos incríveis. Rituais de acasalamento de tribos zulus, animais de três cabeças e outras histórias bizarras e misteriosas eram mostradas em blocos, e sempre finalizados com a presença de Jack Palance oferecendo o desafio: "Acredite...se quiser."

A franquia abriu uma nova série, mas apresentada por Dean Cain (o superman da série "Louis e Clark"), e não pude assistir ainda, mas guardo reservas considerando o apresentador. Afinal, a expressão divertida e quase demoníaca de Jack ao lançar o desafio era uma marca difícil de ser reproduzida.

De qualquer forma, fica a lembrança divertida deste programa que foi uma espécie de "pai" da curiosidade pelo insólito e misterioso em mim durante minha infância (hmm...será que a "mãe" foi o "Isto é incrível" do show de calouros do SS?) e por que não? "pai" da "Panacéia dos mistérios", presente neste blog.

"Há mais mistérios entre o céu e a Terra do que supõe a nossa vã filosofia" ( William Sheakespeare, em Hamlet)

Vídeos:

Abertura - http://www.youtube.com/watch?v=3xd1_3W24Hc

Comercial - http://www.youtube.com/watch?v=j5iQjxtC2OI&feature=related

Nenhum comentário:

Postar um comentário