Panacéia dos Amigos

VISITAÇÃO

segunda-feira

Jesus e o Leproso

Nos tempos de Jesus, houve um leproso que ouvira falar de suas curas milagrosas e decidira ir ao encontro do mestre. Como todos em sua condição ele tocava um sino que alertava os outros de sua infecta presença para que se escondessem.
Mas, uma mulher, ao contrário, saiu ao seu encontro, deu-lhe de comer e beber e a esta boa alma ele contou suas intenções. A mulher sorriu e disse que com certeza se conseguisse se aproximar de Jesus este o curaria. Mal sabia o leproso que estava na própria casa do mestre e falara com Maria, sua mãe. Tempos depois, Maria ouve o sino novamente e encontra o mesmo leproso, ela pergunta o que aconteceu, se ele não havia encontrado Jesus para ser curado, então ele lhe conta a seguinte historia: “ Encontrei os seguidores e fui com eles, e eram milhares, milhares. Vi o mestre distante e seria muito difícil ficar próximo, eram muitos os doentes que se aproximavam, pedindo curas, agarrando-o , implorando. Resignei-me e fiquei a ouvir suas palavras. Ele começou a falar e de repente, suas palavras me trouxeram o entendimento, a paz, um amor que nunca havia sentido. Fiquei tão envolvido por aquelas palavras que quando percebi, incrivelmente Jesus caminhava em minha direção , e logo estava a minha frente curando as pessoas que lhe pediam, e elas saiam curadas e tão felizes. Então, Jesus se virou para mim e disse: E VOCE , MEU FILHO, O QUER DE MIM? Então, eu lhe respondi: NADA. NADA MESTRE, Após te ouvir eu não preciso de mais nada. Ele sorriu para mim e continou seu caminho. Agora, minha boa senhora, devo ir , tenho pressa de chegar ao vale dos leprosos e contar a todos a boa – nova. Adeus e que Jesus te abençoe.”

Pequenos Atos.

CERTA VEZ , HAVIA UM MONGE ANDANDO PELA PRAIA E ELE VIU QUE NA AREIA HAVIAM MUITAS ESTRELAS DO MAR FORA D´ÁGUA, (ERAM MILHARES DE ESTRELAS ELE JAMAIS CONSEGUIRIA SALVAR TODAS), E ELAS FORA DA ÁGUA MORRERIAM.

ENTÃO, ELE COMECOU A LANÇAR UMA A UMA DENTRO DO MAR DE VOLTA. FOI QUANDO UM OUTRO HOMEM PASSANDO POR ALI DISSE AO MONGE

" POR QUE VOCÊ ESTÁ LANÇANDO ESSAS ESTRELAS DENTRO DO MAR ? ELAS SÃO MUITAS E VOCÊ JAMAIS CONSEGUIRÁ SALVAR TODAS, NÃO VAI FAZER DIFERENÇA!"

AÍ, ELE PEGAVA UMA ESTRELA LANÇAVA ELA, E DIZIA :"PRA ESTA FAZ!" ,PEGAVA OUTRA E DIZIA :"PRA ESTA FAZ" ...

Cada ato de benevolência por menor que seja faz diferença.

O exemplo de Ghandi

Uma senhora fez uma longa viagem para falar com Ghandi. Ao ser recebida, disse:
-Mestre,este meu filho tem diabete. Por favor, peça a ele que pare de comer açúcar. Ghandi respondeu: -Minha senhora, peço que retorne daqui a duas semanas. Passados 15 dias a senhora voltou com o garoto e imediatamente ouviu o mestre solicitar ao menino para parar de comer açúcar. A mulher ficou intrigada e perguntou: -Mestre, por que o senhor não lhe disse isso 15 dias atrás? Ghandi respondeu: -Como eu poderia pedir algo a ele se eu mesmo não fazia?

Pensamentos de Ghandi

Sobre a ira “Aprendi, graças a uma amarga experiência, a única suprema lição: controlar a ira. E do mesmo modo que o calor conservado se transforma em energia, assim a nossa ira controlada pode transformar-se em uma função capaz de mover o mundo. Não é que eu não me ire ou perca o controle. O que eu não dou é campo a ira. Cultivo a paciência e a mansidão e, de uma maneira geral, consigo. Mas, quando a ira me assalta, limito-me a controla-la. Como consigo...é um hábito que cada um deve adquirir e cultivar com uma prática assídua.” Sobre a não-violência "A não-violência não consiste em renunciar a toda luta real contra o mal. A não-violência, tal como eu a concebo, é, ao contrário, uma luta contra o mal mais ativo e mais real que a da Lei de Talião, cuja natureza própria é desenvolver, com efeito, a perversidade. Considero que lutar contra o que é imoral pressupõe uma oposição mental e, conseqüentemente, moral. Busco neutralizar completamente a espada do tirano, não a trocando por um aço melhor, mas iludindo sua expectativa de encontrar em mim uma resistência física. Ele encontrará em mim uma resistência de alma que escapará à sua força. Tal resistência o deslumbrará e o obrigará a inclinar-se. E o fato de inclinar-se não humilhará o agressor, mas o enaltecerá. Podemos dizer que isto seria um estado ideal. E o é!" "Se eu pudesse deixar algum presente a você, deixaria aceso o sentimento de amor à vida dos seres humanos. A consciência de aprender tudo o que nos foi ensinado pelo tempo afora. Lembraria os erros que foram cometidos, como sinais para que não mais se repetissem. A capacidade de escolher novos rumos. Deixaria para você, se pudesse, o respeito aquilo que é indispensável: alem do pão, o trabalho e a ação. E, quando tudo mais faltasse, para você eu deixaria, se pudesse, um segredo. O de buscar no interior de si mesmo a resposta para encontrar a saída." GHANDI

Sociedade dos Poetas Mortos - Dead Poets Society

Pois bem, escrevo agora um pouco sobre o filme “SOCIEDADE DOS POETAS MORTOS (Dead Poets Society)” de Peter Weir. Este é um dos meus filmes favoritos de todos os tempos. E há razões para isso.
A interpretação inspirada de Robin Willians como o inesquecível personagem do Professor John Keating(Uma performance que Robin não costuma exibir com freqüência), o roteiro que é poético, carismático,reflexivo e dinâmico nas medidas exatas, a trilha sonora adequada, a bela fotografia e a direção segura e emotiva de Peter Weir(A última seqüência, em geral, ainda me emociona muito e já vi o filme algumas milhares de vezes)!
Em si, "Sociedade dos Poetas Mortos" mostra as relações de um professor e ex-aluno da Welton Academy, vivido por Robin Williams, com uma turma de adolescentes cheios de sonhos e vontade de viver intensamente. Porém, estão presos em um sistema acadêmico rígido e autoritário, não permitindo-os, buscarem outras oportunidades externas às impostas pela instituição de ensino preparatória para a universidade. A quebra dos estereótipos educacionais proposta pelo professor em questão, John Keating, é resumida na frase central do filme: “Carpe Diem (aproveite o dia)! Façam de suas vidas , algo extraordinário!” No contexto, é um convite a liberdade do aprendizado, no caso da matéria lecionada por Keating, de aprender literatura e poesia não por imposição mas, pelo prazer do conhecimento em si. Além disso, Keating reforça nos alunos o ato de pensar o mundo à sua volta. No entanto, esta atitude do pensar e sentir chocam-se com as exigências da instituição de ensino, o colégio preparatório de Welton, e os anseios de seus pais quanto ao futuro. Para mim, interpreto como uma metáfora da liberdade de espírito contra as restrições impostas por um sistema que impõe, por vezes veladamente, outras nem tanto, uma segmentação de raciocínio. Nos 129 minutos de filme, são mostrados a importância dos sentimentos humanos que superam quaisquer imposições sociais, é o íntimo de cada pessoa sendo mais valorizado que as regras impostas pelo coletivo, é a quebra para a renovação. É um roteiro muito bem construído e com imagens fortes que retiram dos atores interpretações se não todas inspiradas, ao menos precisas. “SOCIEDADE DOS POETAS MORTOS (Dead Poets Society)” é um clássico e merece ser conhecido. Por meu turno, declaro que marcou intensamente minha vida e depositou algumas sementes de filosofia de vida que perduram até hoje!
A PANACÉIA ESSENCIAL está repleta de CARPE DIEM!

FRASES: Várias

"Se você diz a verdade, não precisa lembrar-se de nada." Mark Twain "Se você tivesse acreditado na minha brincadeira de dizer verdades, teria ouvido verdades que teimo em dizer brincando, falei muitas vezes como o palhaço, mas nunca desacreditei da seriedade da platéia que sorria." Charles Chaplin "O Eu é o mestre do eu . Que outro mestre poderia existir ? Tudo existe , é um dos extremos. Nada existe é o outro extremo. Devemos sempre nos manter afastados desses dois extremos, e seguir o Caminho do Meio." Buda Durante algum tempo alguém pode ficar alegre consigo mesmo, mas a longo prazo a alegria deve ser compartilhada por duas pessoas. Ibsen A ambição é o puro senso de dever pois a si, só ,não produz frutos realmente importantes para a pessoa humana, pelo contrario os frutos verdadeiros derivam do amor e da dedicação para com as pessoas e as coisas. Albert Einstein A alma humana é como a água: ela vem do Céu e volta para o Céu, e depois retorna à Terra, num eterno ir e vir Enquanto não souberes morrer e renascer, Serás um viajante aflito a errar na terra escura." Goethe "A vida é maravilhosa se não se tem medo dela." Charles Chaplin "Se minha Teoria da Relatividade estiver correta, a Alemanha dirá que sou alemão e a França me declarará um cidadão do mundo. Mas, se não estiver, a França dirá que sou alemão e os alemães dirão que sou judeu." Albert Einstein "O ser humano vivência a si mesmo, seus pensamentos como algo separado do resto do universo - numa espécie de ilusão de ótica de sua consciência. E essa ilusão é uma espécie de prisão que nos restringe a nossos desejos pessoais, conceitos e ao afeto por pessoas mais próximas. Nossa principal tarefa é a de nos livrarmos dessa prisão, ampliando o nosso círculo de compaixão, para que ele abranja todos os seres vivos e toda a natureza em sua beleza. Ninguém conseguirá alcançar completamente esse objetivo, mas lutar pela sua realização já é por si só parte de nossa liberação e o alicerce de nossa segurança interior". Albert Einstein "Se o seu problema tem solução, então não há com o que se preocupar. E se o seu problema não tem solução, toda preocupação será em vão." (Provérbio Tibetano) O medíocre discute pessoas. O comum discute fatos O sábio discute idéias." Provérbio Chinês "Existem coisas que são tão claras que não as percebemos. Certa vez um homem ignorante saiu com uma tocha na mão procurando fogo. Se ele soubesse o que era o fogo teria cozinhado seu arroz bem mais cedo."
Confúcio

Watchmen

 
Watchmen! Tudo o que você deve saber sobre Watchmen é que se ainda não leu, deve ler. Seja para amar ou para odiar, não importa! Você deve passar por esta experiência. Passagem obrigatória em qualquer rito de iniciação de HQs. Dito isto, certamente estou colocando bem a importância da obra. Inteligente, rica em elementos complexos minuciosa e ardilosamente manipuladas por Alan Moore, talvez o maior escritor de todos os tempos das HQs.

Em informação de registro propriamente digamos assim: Watchmen (palavra em inglês que significa "vigilantes") é uma série de história em quadrinhos escrita pelo genial Alan Moore e ilustrada por Dave Gibbons, publicada originalmente em 12 edições mensais pela editora norte-americana DC Comics entre 1986 e 1987.  Esta obra é, ainda hoje, considerada um marco importante dos quadrinhos. Colocada no contexto dos quadrinhos da década de 1980, juntamente com O Cavaleiro das Trevas de Frank Miller e Maus de Art Spiegelman, uma das obras responsáveis por despertar o interesse do público adulto para um formato até então considerado infantil.

A série recebeu vários prêmios Kirby e Eisner, além de uma honraria especial no Prêmio Hugo (Um dos maiores prêmios de ficção cientifica, Watchmen foi a única graphic novel a conseguir tal feito). Watchmen também é a única história em quadrinhos presente na lista dos 100 melhores romances eleitos pela revista Time desde 1923.  Essencialmente, Watchmen é um drama de crime e aventura que incorpora temas e referências relacionados à filosofia, ética, moral, cultura popular, história, artes e ciência.


A trama principal trata dos desdobramentos de uma conspiração revelada pela investigação do assassinato do homem de negócios Edward Blake, logo revelado como sendo o vigilante mascarado conhecido como Comediante. Tal assassinato chama a atenção de Rorscharch, o qual passará toda a primeira metade da trama entrando em contato com seus antigos companheiros em busca de pistas, considerando praticamente todos como possíveis suspeitos. Em torno desta história giram várias tramas menores que exploram a natureza humana e as diferentes interpretações de cada pessoa para os conflitos do bem contra o mal, através das histórias pessoais e relacionamentos dos personagens principais.


Em verdade, a obra questiona o próprio conceito do “super – herói”. O único e real superser da trama, o Dr. Manhattan, mudou o mundo graças a existência de seus poderes:Richard Nixon conduziu os EUA à vitória na Guerra do Vietnã. A ciência deste mundo é muito mais avançada do que a do nosso, demonstrando que a existência de super-seres não poderia deixar o mundo da mesma maneira, já que, à rigor, seus poderes quebram todas as regras que conhecemos sobre a realidade.

Seus personagens não são palátaveis. Nada em Watchmen é fácilmente assimilável. Se você leu e considerou simples, leia de novo! Provavelmente, você não entendeu algo. De fato, até hoje. Recentemente numa releitura, uma única palavra revelou todo um conceito que eu não tinha como saber na época, afinal, não havia lido a respeito. Fantástico.

Portanto, leia e releia. Watchmen possui almagamadas tantas referências culturais que certamente a cada leitura novas surpresas irão se revelar..

Oscar Wilde

Oscar Wilde é um dos meus escritores favoritos. Ele foi criado numa família protestante, estudou na Portora Royal School de Enniskillem e no Trinity College de Dublin, onde sobressaiu como latinista e helenista. Ganhou depois uma bolsa de estudos para o Magdalene College de Oxford, da qual saiu em 1878. Um pouco antes havia ganhado o prêmio Newdigate com o poema "Ravena". Passou a morar em Londres e começou a ter uma vida social bastante agitada, sendo logo caracterizado por suas atitudes extravagantes.
Foi convidado para ir aos Estados Unidos a fim de dar uma série de palestras sobre o movimento estético por ele fundado, o esteticismo, que defendia, a partir de fundamentos históricos, o belo como antídoto para os horrores da sociedade industrial. Em 1883, vai para Paris e entra para o mundo literário local, o que o leva a abandonar seu movimento estético. Volta para a Inglaterra e casa-se com Constance Lloyd, filha de um rico advogado de Dublin, indo morar em Chelsea, um bairro de artistas londrinos. Com Constance teve dois filhos, Cyril, em 1885 e Vyvyan, em 1886. O melhor período intelectual de Oscar Wilde é o que vai de 1887 a 1895. Em 1892, começa uma série de bem sucedidas comédias, hoje clássicos da dramaturgia britânica: O Leque de Lady Windernere (1892), Uma mulher sem importância (1893), Um marido ideal e A importância de ser honesto,(ambas de 1895). Nesta última, o ar cômico começa pelo título ambíguo: Earnest, honesto em inglês, tem o mesmo som de Ernest, nome próprio. Escreve contos tais como O Príncipe Feliz e O rouxinol e a rosa, e o seu único romance foi O retrato de Dorian Gray. A situação financeira de Wilde começou a melhorar cada vez mais, e, com ela, conquista uma fama cada vez maior. O sucesso literário foi acompanhado de uma vida cada vez mais mundana. Suas atitudes tornaram-se cada vez mais excêntricas, o que lhe gerou prisões e julgamentos culminando em sua derrocada social e melancólico fim. A obra de Oscar Wilde é leitura obrigatória. Wilde escreve com bastante habilidade e imaginação. Seus textos emocionam, cativam, e instigam o leitor desde a primeira linha. Não deixem de conferir.
Fonte de pesquisa biográfica: Wikipédia

Clannad

Clannad (em Gweedore, irlandês An Clann d'Dobhar - A família de Dore) é uma banda irlandesa formada em 1970 sendo composta por irmãos e tios de Enya: Máire Ní Bhraonáin (agora conhecida como Moya Brennan), Ciarán O'Braonáin, Pól O'Braonáin - irmãos de Enya - e seus dois tios Noel O'Dugáin e O'Dugáin.
A banda nasceu em Gweedore, Donegal e inicialmente tocava no pub de Leo Brennan, pai de Moya.O grupo recebe críticas negativas pela maioria dos puristas do Folk, contudo, é considerada uma das mais importantes bandas da história desse gênero. Clannad é classificada como uma banda de Folk (o Folk Rock), New Age e Celta, sendo que, em 1997, foi premiada com o Grammy de melhor Álbum de Música New Age. Uma de suas canções mais populares,Theme from Harry's Game, inicialmente, foi composta para a trilha sonora do seriado de TV Harry´s Game da BBC, alcançando, em 1982, o quinto lugar na lista de Singles Britânicos. Eithne Ní Bhraonáin (Enya Brennan) fez parte do grupo de 1979 a 1982. Enquanto, em 1990, Pól saiu da banda para explorar novas oportunidades. Desde então, o grupo é composto por quatro membros tendo, em alguns momentos, a participação de Brídín (irmã menor de Ciarán y Máire) cantando em alguns concertos e faixas dos álbuns.
Banda com a presença da irmã Enya
Mais tarde, veio a fazer parte da trilha sonora do filme Jogos de Patriotas, outras canções de sucesso são In a Lifetime (1985) com a participação de Bono do U2, I Will Find You que fez parte da trilha sonora do filme O Último dos Moicanos e Legend que foi tema do seriado de TV Robin of Sherwood ganhando o BAFTA TV Award de melhor trilha sonora. Um de seus álbuns de destaque, Lore (1996), é dedicado aos Índios Nativos Norte-Americanos. Noel Duggan trabalhou com o sentimento de ser exilado da terra de seus ancestrais como também com as ligações existentes entre aquela gente com os irlandeses, por exemplo, quando os primos da distante América haviam enviado dinheiro para Irlanda durante a fome. Esse álbum conta com a colaboração dos percusionistas Vinnie Colaiuta e Mel Collins.O álbum Landmarks (1998) foi premiado com o Grammy de 1999 sendo ambientado em sua terra-natal, Donegal, marcado pelas montanhas, as pastagens e as costas de Gweedore.
Álbuns: 1972 — The Pretty Maid (Clannad) 1974 — Clannad 2 1976 — Dúlamán (Alga Marinha) 1978 — Clannad in Concert [live] 1979 — Ring Of Gold [live, unofficial bootleg] 1980 — Crann Úll (Maçã/Macieira) 1982 — Fuaim (Som) 1983 — Magical Ring (Anel Mágico) 1984 — Legend [soundtrack] 1985 — Macalla 1987 — Sirius 1988 — Atlantic Realm [soundtrack] 1989 — Pastpresent [collection] 1989 — The Angel and the Soldier Boy [soundtrack] 1990 — Anam (US: 1992) 1993 — Banba (Banba é a antiga denominação da Irlanda) 1995 — Lore (saber) 1995 — Themes [collection] 1997 — Landmarks 1997 — Rogha: The Best of Clannad [collection] 1998 — An Diolaim [collection] 2000 — Clannad: Greatest Hits [UK Release][collection] 2003 — The Best of Clannad: In A Lifetime [collection] 2005 — Clannad - Live In Concert, 1996 [live]
Fonte de pesquisa: Wikipédia
Lá pelos idos de 1992, fui apresentado ao Clannad numa fita K7, tratada quase como uma relíquia (Informação naquela época era muito muito difícil). Tornaria-se a trilha sonora de várias e várias aventuras de Advanced Dungeons e Dragons (RPG) que jogaríamos naquele ano. Fiquei fascinado com a aquela fita K7 que parecia emanar um mundo mágico e encantador. A música celta me conquistou imediatamente. Embora nem todos os álbuns possuam a mesma qualidade, Clannad deve ser conhecido. Sugiro os primeiros álbuns até 1983. São maravilhosos!

sexta-feira

Sandman " Prelúdios e Noturnos"

Histórias em quadrinhos costumam ser subestimadas pelos leigos que a consideram uma literatura menor. Ledo engano. A história das HQs estão repletas da mais brilhante literatura e arte. É claro que não se trata da maioria do que é produzido, mas qual arte ostenta o título de ter apenas obras-primas? Certamente não há uma sequer. A questão é que as HQs , muito em função do maior sucesso das histórias de “super-heróis” do mercado americano e ou infantis como Disney e outros, é percebida apenas como entretenimento de crianças e jovens pela maioria da população.

Ora, é isto também, como qualquer arte é entretenimento e também é arte! E possui alguns artistas primordias tais como Will Eisner, Goscinny, Uderzo, Moebius,Ozamu Tezuka, Frank Miller,Alan Moore, Grant Morrison, John Byrne, Barry Windsor-Smith, Warren Ellis, Dave Mckean, Bill Sienckwicz e...enfim, muitos, muitos artistas extraordinários! Entre todos eles, , destacamos, agora, NEIL GAIMAN. Neil Gaiman (Portchester, 10 de novembro de 1960) é um autor de romances e quadrinhos inglês. A sua criação quadrinística mais conhecida é Sandman, que tem como personagens principais o Sandman, uma personificação antropomórfica do Sonho que também é conhecido como Morpheus, numa referência à mitologia grega e seus irmãos, Morte, Destino, Delírio, Desejo, Desespero e Destruição. 



Seu primeiro arco de histórias foi a série "Prelúdios e Noturnos", sobre a qual me detenho agora. Esta é , resumidamente, a história de PRELÚDIOS E NOTURNOS: Em 1916, um culto místico inglês pretendia capturar a própria morte e, assim, ter o controle sobre o poder vital. Comandado por um homem que atende pelo nome de Magus, na madrugada do dia 10 para o dia 11 de junho daquele ano, o procedimento ritual foi executado. E encerrado assim que algo foi capturado. Mas, não era a morte, no entanto, o procedimento não fora um fracasso absoluto, pois, certamente, era alguém tão poderoso quanto ela. Quando pequenas disfunções relativas ao sono são percebidas aqui e ali no mundo, percebe-se quem foi aprisionado: o próprio Mestre dos Sonhos. No ano de 1988, o filho do Magus, que continuou o trabalho de tentar um pacto com a criatura aprisionada, cometeu um erro banal e quebrou o círculo mágico que prendia Sonho. O mundo começa gradualmente a despertar. E as mudanças se fazem sentir em todo o planeta. É neste ponto que o Perpétuo, agora liberto, começa sua trilha para recuperar suas ferramentas de poder e reconstruir seu reino, outrora maravilhoso e, agora, despedaçado.


A qualidade inegável desta obra transformou Sandman num sucesso quase imediato. A missão de Neil Gaiman era  criar um novo personagem a partir de um conceito tão utilizado nos quadrinhos DC, o Sandman (sim, houveram outros) , genial ele optou por uma rota bastante diversa dos outros, tornando as histórias de Sandman verdadeiras fábulas de fantasia que conquistaram fãs em todo o mundo, e um grande culto de admiração no Brasil. Mas, Histórias em quadrinhos , são o encontro da literatura e arte, e Sandman, como uma das grande obras das HQs, possuía a ambos os atributos. As magníficas capas do brilhante (e, à época, novato) Dave McKean e arte estranha, porém adequada de Sam Kieth, e a correta e pop de Mike Dringenberg, fizeram jus ao texto que ilustraram.

Quase impossível expressar o impacto que a obra teve sobre mim, ainda um adolescente. Sua qualidade primorosa me elevou. Começava a compreender o que era de fato um texto primoroso, rico, criativo. Esta obra abriu minha mente para tudo o que de bom me fascinaria depois. Li, antes de Alan Moore, antes de Tolkien, antes de Zelazny, Antes de Bradbury, antes de tanta coisa! E, por isto, sua influência foi tão marcante. 

SANDMAN: Prelúdios e Noturnos é uma obra sensacional, para ser lida e relida. E como uma das obras máximas de arte das HQs, sua relevância permanecerá!

THE BEATLES

Integrantes:

John Lennon(falecido) (Guitarra) Paul McCartney (Baixo) Ringo Starr (Bateria) George Harrison(falecido) (Guitarra)

Ex-Integrantes: Stu Sutcliffe(falecido) (Baixo) Pete Best (Bateria)

The Beatles foi uma banda de rock formada em Liverpool, Inglaterra, no final da década de 1950, por John Lennon (guitarra e vocal), Paul McCartney (baixo e vocal), George Harrison (guitarra e vocal) e Ringo Starr (bateria e vocal).

O grupo obteve uma fama, popularidade e notoriedade até hoje inédita para uma banda musical, e se tornaram a banda de maior sucesso e de maior influência do século XX. Atingiram o primeiro lugar nas paradas de sucesso no mundo inteiro com composições próprias como "She Loves You", "Something", "I Want to Hold Your Hand", "Can't Buy Me Love", "Help!", "Yesterday", "Eleanor Rigby", "Hey Jude", "All You Need Is Love" e "Let It Be", entre outras.

Os "garotos de Liverpool", como eram chamados, não tiveram apenas impacto sobre a canção, mas também influenciaram as vestimentas, os cortes de cabelo e a forma de ser dos jovens daquela geração. Foi esse estrondoso sucesso que inspirou a criação do termo “beatlemania.”

Considerado o grupo musical mais bem-sucedido da história, sendo os seus membros aclamados por público e crítica, com mais de um 1,5 bilhões de álbuns vendidos em todo o mundo, e com vinte canções que atingiram o primeiro lugar nas paradas apenas nos Estados Unidos da América, além de conseguirem ocupar em determinado momento os 5 primeiros lugares em meados de 1964 - números recordes até os dias atuais.

Pela inventiva criatividade, originalidade e magia de suas canções, John Lennon e Paul McCartney são considerados a maior dupla de compositores da música popular em todo o mundo. Também foram os precursores da música indiana e oriental no "Pop/Rock" ocidental, sobretudo pela influência de George Harrison nas composições e instrumentos do grupo, em músicas como "Within You Without You", "Norwegian Wood" e "Love You Too".

Lançaram, entre 65 e 67, três álbuns que elevaram o rock a um nível jamais visto: "Rubber Soul", "Revolver" e "Sargeant Pepper's Lonely Hearts Club Band", onde abdicaram de uma fórmula bem sucedida e consagrada de rock, para se trancarem no estúdio e saciar sua curiosidade musical.

Além de toda a repercussão, os Beatles fizeram todo um modo de criar música que influenciou não só sua época, mas todas as épocas seguintes: foram a primeira banda do planeta a fazer vídeos musicais de suas canções, e o álbum Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band o primeiro do mundo a conter um encarte com fotos e letras de suas canções Aliás em 2003, a revista especializada em música Rolling Stone colocou Sgt. Pepper's como melhor álbum de todos os tempos!

Fonte de pesquisa: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Aproveitei este bom texto da Wikipédia para deixar aqui as informações básicas sobre o Fab Four, porém, The Beatles vai muito além das palavras. Quem já ouviu alguma canção sabe do que estou falando. A maneira como eles inovaram TODO o cenário cultural, os seus discos sempre numa evolução musical ascendente, suas letras, biografias. Em um mundo que, em geral, vem acostumando-se assustadoramente com a repetição de fórmulas, com o lugar-comum, os quatro músicos de Liverpool, são uma lembrança da arte que atrai grande público, mas não abdica de sua qualidade e originalidade!

The Beatles é pura panacéia essencial!

Moxuara

O Monte Mouchuara é localizado em Cariacica, onde em tempos passados no chamado período do ouro da história do Brasil, imaginava-se haver minas de pedras preciosas. Em razão disso a tradição popular, sobretudo a indígena, cuja língua atribuiu o nome ao monte, passou associar Mouchuara a um "Veio de Diamantes".

Assim, Moxuara é uma homenagem a este lendário monte prestada por este excepcional Grupo musical capixaba, cujo trabalho é feito com belas poesias e melodias que falam de amor, sonhos e justiça. Tive oportunidade de assistir pelos menos três vezes um especial apresentado na TV século 21 e fiquei muito impressionado pela excelência das composições, a qualidade dos músicos e sua filosofia cultural.

O grupo é composto por quatro excelentes músicos que são:

Flávio Vezzoni (Violões)

Marcos Côco (Violões)

José Elias (Percussão)

Paulinho (Baixo)

Eu recomendo que procurem no youtube, e no site por mais informações. Vale realmente a pena, eu garanto! Música de qualidade, agradável e relevante!

Moxuara no youtube

http://www.youtube.com/watch?v=oXw1cy-thDs

http://www.youtube.com/watch?v=lPUEASd0s9w

http://www.youtube.com/watch?v=lPUEASd0s9w&feature=related

SITE DO GRUPO MOXUARA: www.moxuara.com.br

E-mail: grupo@moxuara.com.br

“Quem tem medo da música clássica?”

De forma alguma, poderia deixar de indicar este programa maravilhoso. Nos fins-de-semana, o genial Artur da Távola apresenta o melhor da música clássica. Com simplicidade, simpatia e conhecimento, Artur da Távola comenta, explica e apresenta as melhores músicas de todos os tempos. O “Quem tem medo da música clássica?” nos possibilita conhecer melhor os compositores e suas obras; e ainda, Artur da Távola nos transmite com admirável habilidade didática como funciona uma orquestra e a importância de cada integrante para que conhecendo possamos de maneira mais profunda absorver as grandes obras da música clássica.
Um Programa imperdível, fundamental!

Horarios

Sábado às 10h e 18h

Domingo às 10h, 18h e 24h

terça-feira

Os Frutos Dourados do Sol - Ray Bradbury

Gostaria de iniciar esta coluna sobre livros com “OS FRUTOS DOURADOS DO SOL” (The Golden Apples of the Sun) de RAY BRADBURY.

Mas quem é Ray Bradbury? O próprio Bradbury nos entrega uma interessante versão de si mesmo: “Júlio Verne foi meu pai. H. G. Wells foi meu sábio tio. Edgar Allan Poe foi o primo com asas de morcego que guardávamos lá em cima, na sala do sótão. Flash Gordon e Buck Rogers foram meus irmãos e amigos.Aí têm minha ascendência. Acrescentando, claro, o fato de que muito provavelmente Mary Shelley, autora de Frankenstein, foi minha mãe. Com uma família dessas, eu não poderia deixar de ser outra coisa: um escritor de fantasia e de curiosíssimas histórias de ficção científica.”

Bradbury, nascido a 22 de agosto de 1920 na pequena cidade de Waukegan, USA, pode ser claramente definido como um poeta da Ficção Científica. Suas descrições de ambientes são românticas e imensamente ricas e apaixonadas são as construções de seus personagens. Bradbury procurava salientar muito mais o lado humano, visionário e filosófico de seus personagens do que a mera descrição cientifica e tecnológica.

Não são raras as vezes que seus textos causam forte emoção, terror, duvida...enfim, despertam as emoções de uma maneira envolvente e dinâmica. Muitas vezes retrata o homem como um ser perplexo ante as maravilhosas mudanças que vão ocorrendo ao seu redor. Vitima de sua própria evolução, sempre questionando se sua humanidade não esta sendo perdida neste redemoinho incessante de voláteis mudanças chamada vida.

OS FRUTOS DOURADOS DO SOL são uma coletânea de 22 contos, aonde Bradbury nos traz alguns de seus melhores trabalhos sempre unindo ficção cientifica, filosofia e aventura em doses precisas. Os Frutos Dourados do Sol" forma com "Crônicas Marcianas" e "O Homem Ilustrado" a grande trilogia de contos fantásticos de Ray Bradbury.

Este talvez, seja o seu mais importante livro de fantasia, e não tanto de ficção cientifica. Mas é tarefa ingrata classificar Bradbury sua obra é mágica e não deve ser limitada. Muitos destes contos consagraram-no no mundo todo, alem de ganharem versões para teatro e televisão. Neste livro você encontrara toda a imaginação fascinante em linguagem envolvente de um dos maiores contistas da literatura fantástica. Vale a pena conferir!

Lembrem-se: Quem lê um livro comunga com a alma deste,e desta comunhão renova a sua própria!